Doação | Donation

Ajude-nos a mudar o mundo para os pacientes renais crônicos e transplantados | Help us change the world for chronic and transplanted kidney patients

Be super. Donate. Do not pretend it's not you. Tomorrow can be. International Renal Scientific Research. Changing lives. Saving lives.

Faça sua doação - qualquer valor será bem-vindo.
Make your donation - any value will be welcome.
Escolha uma das opções baixo | Choose one of the options below:


(Clique no banner para doar)







Pacientes renais, no mundo todo, contam com você

A Doença Renal Crônica (DRC) vem apresentado índices alarmantes, tornando-se uma preocupação de saúde pública mundial. Estima-se que a doença tenha atingido 10% da população mundial e no Brasil, conforme dados da SBN (Sociedade Brasileira de Nefrologia) a cada 10 brasileiros 1 apresenta alguma lesão renal, correndo o risco de se tornar um transplantado renal futuramente.

A Sociedade Brasileira de Nefrologia (2017) salienta que 70% dos pacientes ao diagnosticar a doença, passam a utilizar o tratamento dialítico como forma de manutenção da vida. Atualmente, no Brasil, em 2016, cerca de 120 mil pessoas estejam em tratamento dialítico (Instituto de Nefrologia e Diálise - INED, 2017).

Além da forma de tratamento citado, o transplante renal apresenta relativa melhora na situação clínica do paciente. Conforme o portal do Ministério da Saúde (2016), no Brasil foram realizados 5.492 transplantes de rim no ano de 2016, sendo este um recorde realizado na rede pública de saúde. Porém, a busca pela qualidade de vida do paciente acometido pela DRC não se resume apenas ao tratamento de diálise ou no tratamento de transplante, mas sim, especialmente, no pós transplante renal.

Devido aos poucos estudos realizados no que tange a situação psicológica e neurológica do paciente renal crônico, a Dámaso Macmillan Foundation em parceria com outras Universidades Nacionais e Internacionais mais o departamento de Imunologia do Hospital de Clinicas de São Paulo (INCOR) vem desenvolvendo pesquisas que visam conhecer melhor os pacientes em estudo tanto no seu aspecto imunológico como também as suas características psicossociais dos pacientes renais transplantados usuários e não usuários de medicamentos imunossupressores no âmbito internacional, com a finalidade de verificar o grau de influência das diversidades psicoemocionais e sociais que  vivenciam, bem como seus  efeitos positivos e negativo ,  a forma como interagem com estas diversidades psicoemocionais e sociais, a ponto de interagir no sucesso de seu transplante, levando com isto a uma redução de sua medicação e a ponto de não mais consumi-los,  atingindo um alto graude melhora da qualidade de sua vida e levando o órgão transplantado a uma maior longevidade.

Para que esta pesquisa possa beneficiar milhares pacientes transplantados e não transplantados renais. Este estudo é de vital importância, estas descobertas passarão a oferecer uma nova metodologia de tratamento como também oportunizar que melhores políticas públicas de saúde sejam desenvolvidas, apresentando um melhor custo/benefício a sociedade internacional.Sua colaboração para o sucesso desta iniciativa é indispensável. Ajude esta causa com certeza você fará a diferença.

Doe e melhore a qualidade de vida de sua família e de cada paciente renal mundo afora... não espere pelos outros. Faça você a diferença!